top of page
  • Foto do escritorGoianArte

CARNAVAL A MAIS ANTIGA TRADIÇÃO DA HUMANIDADE

Atualizado: 4 de out. de 2023


Carnaval

No hemisfério Norte os dias curtos e noites longas do Inverno que coincidem com o atual Natal, obrigavam as pessoas a ficarem recolhidas devido ao frio, as terras geladas não permitiam colheitas e justificavam a expressão de “tempos sombrios” em que tudo era escasso.


Após o Solstício de Inverno os dias começavam crescendo e no Equinócio da Primavera, o sol aparecia rompendo as nuvens, a temperatura subia e a esperança de um novo tempo de abundância alegrava os espíritos.


Desde tempos imemoriais que essa constante variação climática era celebrada com alegria.

Os dias mais quentes e longos iniciavam o período de sementeiras, mais conforto e alimento.

Existem registros de celebrações por esta altura do ano em todas as civilizações da Europa e mediterrâneo.

Deus Àpis - Adorado como deus da renovação no Egipto
Deus Àpis - Adorado como deus da renovação no Egipto

Podemos observar referências com alusões a celebrações e festejos de renascimento/ressurreição nas civilizações egípcias com festas em honra de Apís e Ísis.

O touro, Àpis, era considerado como deus pelos egípcios por facilitar a preparação das terras para as sementeiras que eram feitas nesta altura do ano.

Entre gregos e romanos, havia também celebrações neste período do ano, onde se relaxavam as regras e se faziam cortejos com máscaras e navios enfeitados que, curiosamente, também envolviam touros.


Os romanos festejavam a deusa Cibele "Mãe dos Deuses" ou Deusa mãe que simbolizava a fertilidade da natureza. Percorriam as ruas com barcos enfeitados com flores e frutos e entregavam-se aos prazeres esquecendo as regras e convenções sociais.


Deusa romana Cibele em seu carro enfeitado com flores, frutos e animais simbolizando a fertilidade
Deusa romana Cibele em seu carro com flores simbolizando a fertilidade

Os Judeus, tal como na antiguidade, ainda hoje celebram o Purim onde é tradição usar disfarces, máscaras, servir doces às crianças e distribuir presentes de comida e bebida a pobres e necessitados.


Purim - festa judaica correspondente ao carnaval
Purim - festa judaica correspondente ao carnaval

Mais a norte na Europa, os festejos eram tidos como um modo de afastar os maus espíritos dos dias de Inverno abrindo caminho para os alegres e radiosos dias de Primavera e Verão.

Festividade de Primavera do Norte da Europa envolvendo Druidas, Elfos e Fadas que afastam a escuridão para que se possa celebrar os bons tempos

( Festividade de Primavera do Norte da Europa envolvendo Druidas, Elfos e Fadas que afastam a escuridão para que se possa celebrar os bons tempos )


O uso de máscaras e fantasias para ocultar quem violava as convenções, protegendo de retaliações futuras pelos atos cometidos ou, para assumir outras personalidades, é comum a todas as sociedades.

* - clique na imagem para aceder à imagem no site

mascara carnaval
mascara carnaval
mascara carnaval

Em Itália, que na época em que dominavam o comércio com o oriente, os ricos e poderosos comerciantes patrocinavam artistas e realizavam grandes acontecimentos sociais onde exibiam suas riquezas.


Pintura de Carnaval Veneza
Pintura de Carnaval Veneza

Em Veneza mandavam criar máscaras em porcelana, ouro ou prata, que adornavam com plumas e pedras preciosas para exibir nos bailes e cerimônias de carnaval.

Pintura de Carnaval Veneza

(Pintura Festejos de terça-feira gorda no palácio ducal de Veneza datada de 1765)

Pintura de Carnaval Veneza

O carnaval de Veneza é hoje conhecido pelas suas máscaras.


Nos Séculos XVII e XVIII as máscaras fizeram tanto sucesso que passaram a ser usadas pelas elites, não apenas no carnaval mas também em bailes que organizavam ao longo de todo o ano.


A razão para o sucesso desses eventos pode se explicar por as máscaras ocultarem a face das pessoas, permitindo assim o anonimato que impedia os outros de os reconhecer ao praticarem infedelidades.


As elites europeias competiam entre si para organizar os mais faustosos e animados carnavais particulares ao longo do ano.

(carnaval na Praça de S. Marcos, Veneza em 1610 )


Pintura de Carnaval Veneza

(Pintura de baile de mascaras em Veneza Sec. XVIII)

Pintura de Carnaval Paris
Pintura de Carnaval Paris

(Ilustração do Sec. XVIII e Pintura do Sec. XIX)

Na Europa em geral o carnaval sempre foi tempo de exageros, provocações e zoeira com as pessoas.

bobos carnaval medieval

Os folguedos e exageros eram apreciados pelas populações que se divertiam satirizando costumes e aproveitando para criticar cidadãos que noutras épocas impediam criticas com o uso do seu poder e censura.


Carnaval Paris

Nas ruas formavam-se cortejos de pessoas agitadas que dançavam ao som de ritmos marcados por bombos e gaitas, enquanto provocavam e assustavam os outros arremessando farinha e água.

Carnaval Paris

As classes mais abastadas não apreciavam essas práticas populares, contudo tinham a suas versões de cortejos que consideravam mais sofisticados e de acordo com os seus conceitos, o que não os impedia de fazer também os seus folguedos e cortejos folgando como os demais.



Os poderosos da realeza e do clero eram alguns dos alvos preferidos de zombarias e vexames populares, o que motivou várias tentativas de acabar com os festejos que eram considerados pagãos.

Carnaval Paris

Todas as tentativas de acabar com o carnaval se revelaram incapazes de o impedir.


Alguns artistas registraram nas suas obras essa luta que poderosos e religiosos travaram contra os festejos e folguedos do carnaval popular.



No Sec. XVI, Bruegel com o espírito crítico que o caracterizava, expressou essa disputa numa magistral pintura que representa a Batalha entre o Carnaval e a Quaresma, onde de um lado podemos observar as folias e folguedos e do outro as procissões e predicas religiosas dos mais devotos, mostrando graficamente o contraste entre essas posições antagônicas, que nos abre uma janela do tempo para observar os usos e costumes da época.

* - clique na imagem para aceder à pintura no site

Batalha entre carnaval e páscoa Bruegel

( Batalha entre carnaval e páscoa - Pintura de Bruegel datada de 1559 )


Em Portugal a festa da Primavera, chamava-se Entrudo, eram 3 dias de folguedo que antecediam a quaresma, sendo que em muitas localidades do Norte do país ainda se usa esse termo.


No Brasil, o termo Entrudo foi usado até meados do Sec. XIX tendo sido proibido por pressão dos religiosos.

Mas a proibição não impediu os folguedos que mais tarde passaram a ser denominados por Carnaval, aportuguesando a expressão usada no norte da Europa.

( Folguedos de carnaval - Rio de Janeiro 1835 )

Carnaval Rio de Janeiro

Ao longo das épocas esses eventos estimularam artistas a representar esses acontecimentos criando imagens que são interessantes elementos decorativos e que a GoianArte tem a honra de disponibilizar no Brasil para decoração. Para aceder às imagens é só clicar no menu Galerias ou no menu Coleções.

Muitas das mais de 3000 imagens que são disponibilizadas, são exclusivas, sendo pela primeira vez apresentadas para decoração no Brasil pela GoianArte.


Carnaval eram o nome que, na Europa do Norte, se dava aos cortejos que antecediam os Torneios ou os cortejos de celebração de feitos e coroação de reis, onde as pessoas se divertiam e desfilavam para exibir o seu poder e domínios, sendo que se referia também aos dias que antecediam a Quaresma. Os cortejos dos torneios tem muitas semelhanças com os cortejos de carnaval nos nossos dias.

cortejo de carnaval

As comitivas dos Reis e Senhores medievais chegavam exibindo o seu poder em formações engalanadas a cavalo e em carros decorados com ricos tecidos e exibindo estandartes.

cortejo de carnaval

No desfile das comitivas eram integradas representações das possessões e territórios conquistados.

Como exemplo, veja-se uma fantasia imitando os índios das américas apresentada em um torneio em 1596.

cortejo de carnaval

As histórias de feitos e lendas eram representadas em carros alegóricos que podemos facilmente relacionar com os cortejos atuais.

cortejo de carnaval

As fantasias eram vistas pela população com grande interesse e quanto mais fantáticas mais apreciadas eram, pelo que as comitivas também competiam entre si para apresentar fantasias que impressionassem.

cortejo de carnaval

Após o desfile das fantasias, era a vez dos cavaleiros entrarem no terreiro do torneio.

Duelo medieval

Com armaduras brilhantes e tecidos raros e vistosos exibindo os brasões de familia transmitindo imagem de nobreza e valentia a quem observava, reforçando a sua posição de poder.

Duelo medieval

Acompanhando os cavaleiros seguiam os pagens e bobos da corte que faziam tropelias e provocavam as torcidas dos adversários.

Nos camarotes os nobres e membros do clero assistiam, sendo que era costume os homens terem camarotes separados das mulheres e crianças.


Duelo medieval

Após os cortejos era dado inicio às peleias onde cada cavaleiro exibia a sua bravura e valentia.

Duelo medieval

É fácil reconhecer nestes eventos a linha da história que conduz aos carnavais dos nossos dias e as origens do modo como se desenrolam os nossos carnavais.


Na publicidade também foram criadas imagens fantásticas que se revelam muito interessantes para decoração.


baile de mascaras
baile de mascaras

Todos somos herdeiros do passado e temos por dever manter e passar às gerações futuras a memória da nossa história, a GoianArte tomou por missão disponibilizar imagens para decoração que, além de relatarem a nossa história, possibilitam criar decorações com reproduções de obras de arte que agregam conteúdo ao espaço.

decoração

Trabalhamos para que os nossos clientes possam ter imagens que impressionam pela sua originalidade e raridade, criando surpresa em quem visita o espaço onde estão expostas.

decoração
decoração

Aqui no site tem milhares de imagens de todos os estilos e temas que permitem escolher as imagens que farão do seu espaço um local distinto, onde todos sentirão que estão em um espaço diferenciado que guardarão na memória.

decoração

Estamos constantemente disponibilizando novas imagens, pelo que sugerimos que veja nas coleções ou nas galerias e se surpreenda com o que vai encontrar, acreditamos que vai encontrar a imagem que fará do seu espaço um local agradável e inesquecível.

decoração

29 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Mar 18, 2023
Rated 5 out of 5 stars.

Interessante

Like