top of page

A queda dos anjos rebeldes no inferno pintura datada de 1562
 

São Miguel Arcanjo é referido em diversas religiões como o herói que expulsou do paraíso os anjos rebeldes e os condenou ao abismo do inferno.
Ele é referido no Judaismo, no Islamismo, no Catolicismo, e até nas religiões afro-brasileiras como o Orixá Exu, que curiosamente em Pernambuco é referido como orixá Oxóssi.

A queda dos anjos é descrita na Bíblia no apocalipse, quando Lúcifer que foi projetado para ser um anjo perfeito caiu do céu por causa de seu orgulho e rebelião contra o plano divino de Deus, que era nomear Jesus como o salvador do povo. 

Lúcifer coagiu um terço dos anjos a seguir sua liderança na rebelião e a auxiliá-lo a designá-lo como o novo "Deus". 

O pecado do orgulho causou a queda de Lúcifer e seus companheiros e resultou na "guerra no céu". O arcanjo Miguel recebeu o dever de expulsar Lúcifer e os anjos caídos do céu.


Nesta fantástica pintura Bruegel ilustra genialmente essa passagem da Bíblia com uma estonteante riqueza de pormenores.


As obras de Bruegel